8 Comentários

  1. Eliene said:

    Tenho gostado de suas publicações e essa é mais uma publicação que nos leva a refletir sobre muitas coisas e nos fazermos muitas perguntas: medos? autopiedade? “limitações”?

    10 de fevereiro de 2016
    Responder
    • Inquietude Brasileira said:

      Sim, com certeza. Nós tendemos a intensificar nossas limitações. Colocamo-nos como incapazes, quando basta um pouco mais de força de vontade para sermos vencedores.

      10 de fevereiro de 2016
      Responder
  2. Drica said:

    Às vezes colocamos tantas dificuldades pra deixar de fazer alguma coisa em que não nos sentimos tão seguros… Uma linda lição pra todos nós refletirmos. Só temos essa vida, temos que arriscar mesmo em busca de novos desafios afim de sermos cada vez mais felizes. Muito lindo!!

    10 de fevereiro de 2016
    Responder
    • Inquietude Brasileira said:

      Verdade Drica ! Nossos medos, em sua maioria, são tolos.

      10 de fevereiro de 2016
      Responder
  3. Anny said:

    Que Linda reflexão, uma lição de vida!

    10 de fevereiro de 2016
    Responder
    • Inquietude Brasileira said:

      Com certeza Anny!

      10 de fevereiro de 2016
      Responder
  4. gavin said:

    Its interesting they said that they always need someone’s help on their journey. It’s this contact with new people that makes travelling such a rich experience. Too often tourists are kept in a bubble and have fear and little contact with the local people who live where they visit. This couples attitude is admirable in many ways and a lesson to us all.

    4 de março de 2016
    Responder
    • Inquietude Brasileira said:

      Perfectly Gavin. They have a rich experience.

      9 de março de 2016
      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *